sexta-feira, 30 de março de 2007

Massa com bacalhau da Rosa Maria

Em 2004 estive em Portugal para participar de um congresso. No evento encontrei algumas pessoas com quem me correspondia via e-mail para trocar idéias e referências para a conclusão do meu mestrado. Dentre essas pessoas tive o privilégio de conhecer o Prof. Luís e sua esposa, Rosa Maria.
Ao visitar a sua magnífica casa, em Afife, Rosa Maria preparou uma massa com bacalhau cujo aroma e sabor não saíram mais da minha memória.
Ilustro este post com uma foto de Afife, onde se pode observar o mar e o campo apenas virando o pescoço. Um lugar inesquecível.


Como estamos na época da páscoa e todas as revistas e programas de culinária trazem receitas com bacalhau, veio a inspiração de preparar essa massa. A lembrança da ótima companhia e daquele prato acompanhado de uma taça de vinho no friozinho de dezembro em Portugal me dá vontade de pegar o primeiro avião e voltar para lá.
Aí vai a receita, já que nunca vi nada semelhante por aí.

Massa com bacalhau da Rosa Maria

1 kg da bacalhau em postas (já dessalgado)
farinha de trigo
azeite de oliva
molho de tomate (faço o meu bem temperadinho e reservo)
azeitonas pretas (daquelas miúdas que chamamos de azeitona portuguesa)
sal (eu não coloquei)
500 gr de massa curta (eu usei farfalle)

Enxugue o bacalhau com papel absorvente retirando máximo da água que conseguir. Passe cada posta na farinha de trigo e retire o excesso.
Frite as postas em uma panela com uma quantidade generosa de azeite de oliva bem quente. Reserve o bacalhau.
Na mesma panela, sem dispensar o azeite em que o bacalhau foi frito, coloque o molho de tomate e as azeitonas e deixe apurar por uns 5 minutos. Se ficar muito grosso por causa da farinha que se desprende do bacalhau coloque um pouco de água.
Volte as postas de bacalhau para a panela e deixe levantar fervura.
Em uma travessa coloque a massa cozida, jogue apenas o molho por cima e disponha as postas de bacalhau em volta da massa.

Já ofereci este prato a alguns amigos e foi o maior sucesso. Aliás, dedico este post à Rosa Maria por ter me ensinado a prepará-lo e à minha amiga Sandra que mais de um ano após comer este macarrãozinho ainda fala dele.

3 comentários:

Lara Leal disse...

Cláudia,

como aqui em casa tenho um fã de bacalhau, tenho certeza que sua receita fará sucesso. Adorei o blog.
beijos, Lara

sandraepa disse...

A Claudinha tem toda a razão: eu nunca mais me esqueci do sabor maravilhoso daquele bacalhau... nem do delicioso cheiro do tempero que nos envolvia naquela noite. Mas o segredinho dessa receita certamente está no amor e no prazer que ela teve ao preparar aquele jantar pra gente. Obrigada amiga!

Elvira disse...

Querida Claudia,

Não sei porque não funcionou o seu registo (cadastro) no "Cozinhas do Mundo"...?

Tente novamente, por favor.

Um beijão de Portugal.