quarta-feira, 2 de maio de 2007

Canja com arroz integral


Depois de um feriado prolongado em que fizemos visitas a vários restaurantes e lanchonetes e como as temperaturas começaram a baixar aqui em São Paulo eu, que amo o inverno, resolvi fazer no jantar de ontem uma canjinha. Para que não ficasse igual à canja de sempre desta vez coloquei arroz integral no lugar do arroz branco. Não mudei nada no preparo da canja tradicional e o resultado foi surpreendente. Para fazer a canja usei:
Canja de galinha com arroz integral
1 peito de frango
1/2 cebola picada
2 dentes de alho picados
2 colheres de sopa de óleo
1 cenoura ralada
1 folha de louro
3 colheres de sopa de sasinha picada
1/2 xícara de arroz integral
sal



Refogue o alho e a cebola no óleo. Acrescente o peito de frango e deixe refogar um pouquinho. Junte a cenoura ralada, a folha de louro e o sal e, em seguida cubra o refogado com água fervendo. Deixe ferver por 20 minutos para formar um caldo bem gostoso. Retire o peito de frango, desfie a carne e volte-a para a panela, junte a salsinha e o arroz cru. Durante o cozimento, se necessário, acrescente mais água fervendo. Mantenha no fogo até que o arroz esteja cozido. Descarte a folha de louro e pode servir.
Eu servi a canjinha com torradinhas de alho com uma folha de manjericão sobre cada uma. Como encorajamento, afirmo que a panela de canja acabou na mesma hora (em três). O pessoal realmente aprovou e pediu para eu fazer mais vezes.




Ah, atentem para as minhas tigelinhas que foram compradas em Sintra e que foram carregadas por várias outras cidades de Portugal e da Espanha e chegaram intactas ao Brasil. Elas são como um troféu para mim. Espero que gostem da sugestão. Um beijo.

18 comentários:

winnie disse...

Adoro canja!
Arroz integral nunca comi.

Karen disse...

Aqui em casa só uso arroz integral, acho tão bom! Boa idéia!

Cris disse...

Que ótima idéia! Eu reparei nas tigelinhas e no final você comentou, são lindas!!! Eu já trouxe potes para assar pão na mala... :-) Você também é doida por coisa de casa/cozinha? Bjs!

Lídia disse...

Olá Cláudia,

as tigelinhas são lindas e a canja deliciosa.
Beijos

Elvira disse...

Deve ser muito boa e nutritiva! :-)

Bjs.

Silvia Arruda disse...

Que ótima idéia!! Nunca provei canja com arroz integral!
:-**

Bárbara disse...

Claudíssima, primeiramente, obrigada pela visita e pela dica do sabonete! ;-)

Então, assim como vc, tbm amo um friozinho! As pessoas ficam muito mais elegantes e as comidas mais gostosas, ehehehe! Não sou muito fã de canja, prefiro os cremes, mas vou testar a sua idéia com arroz integral, quem sabe não me apaixono?!?

Um beijo grande!

Eliana Scaramal disse...

Cláudia amo de paixão canja! Mas a sua louça roubou a cena, que coisa mais linda, querida!

Goretti disse...

Cá em casa, adoramos canja. A sua deve ficar óptima...
Goretti

valentina disse...

Claudia, que ideia otima. E diga-se de passagem que esta cumbuquinha de sopa esta um charme so.Quisera eu me sentar nesta mesa e saborea-la.bjocas

Márcia disse...

Canja é sempre uma boa pedida, né?
Nunca testei com arroz integral, mas na verdade aqui em casa temos trocado o arroz/macarrão por batata, chuchu e cenoura em cubinhos...
Adorei as cumbuquinhas, tão fofas!
Beijo.

Cláudia disse...

Winnie, Karen, Cris, Lídia, Elvira, Sílvia, Bárbara, Eliana, Goretti, Valentina e Márcia (que delícia, 11 amigas!!), obrigada pela visita e pelos comentários, adoro lê-los.
A canja fica com um sabor diferente da convencional, acho o arroz integral mais saboroso que o processado e esse saborzinho se sobressai. Caso alguma tente fazer o mesmo eu gostaria de saber o que achou.
Um grande beijo a todas.

Carol Emboava disse...

Hmmmm, com esse friozinho nada cai melhor que uma boa canja! Que delícia!

Ah, minha receita de panqueca é a seguinte:
2 copos (250ml) de leite
2 ovos
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
5 colheres (sopa) de azeite
1 pitada de sal
(Naquela receita com beterraba troquei metade da farinha de trigo por aveia em flocos finos e adicionei metade de uma beterraba pequena e crua)

Bater todos os ingredientes no liquidificador até ficar uma massa homogênea. Despejar às colheradas na frigideira anti-aderente e deixar dourar. Não virei a massa, como fasso tradicionalmente com as passas de panqueca. Pois elas ficaram morenas e a intenção era que ficassem bem coloridas!

Beijinhos Cláudia!

bia disse...

hmmm adoro uma canjinha, nada melhor para reconfortar e aquecer !! e estas tigelinhas sao lindissimas ! bjs

fezoca disse...

Clau, eu nao gosto de canja, mas AMEI essas tigelinhas portuguesas! Eu tenho umas chavenaziinhas pra cafe, que meu cunhado portugues [pai do Fausto e Catarina] trouxe de Coimbra anos atras, que tambem adoro e tenho guardadas com muito carinho. beijaoo,

Anônimo disse...

eu gosto de colocar inhame.
fica muito sabororso e o inhame é um alimento muito rico em nutrientes.

Anônimo disse...

Excelente receita,fiz pequenas adaptações para dar um toque pessoal. Adorei. Parabéns.

Gisele

Anônimo disse...

Excelente receita,fiz pequenas adaptações para dar um toque pessoal. Adorei. Parabéns.

Gisele