quinta-feira, 17 de maio de 2007

Sabores da minha terra: Cuscus Paulista


Há algumas semanas, para dizer a verdade perdi a conta, a Eliana me convidou para participar de uma ciranda iniciada pela Elvira chamada "Sabores da Minha Terra". Pensei, pensei, pensei de novo e resolvi fazer um Cuscus Paulista, que não tem nada a ver com o couscous marroquino.

Como o Brasil é gigante em extensão e em cultura gastronômica, apesar de apreciar (e muito) a culinária de outras regiões brasileiras, me senti à vontade para colocar aqui um prato que é tradicional de São Paulo, a terra em que nasci e vivi até este momento.

O cuscus é um prato muito saboroso, servido tradicionalmente em festas juninas e, quando feito em tamanho individual (em forminhas de empada), era também servido em festas de aniversário, lembro-me de comer cuscus em festas que ia na minha infância, e olha que eu não sou tão velha assim. Hoje é raro encontrar esses salgadinhos tão tradicionais nessas ocasiões.

Eu fiz cuscus pela primeira vez depois que me casei. Fui me aprimorando nesta empreitada e hoje, sempre que há cuscus na mesa da família, ele foi feito por mim. Vamos à receita:




Cuscus Paulista
800gr de camarão médio limpo
1 lata de milho verde
1 xícara de chá de ervilha congelada
1 vidro de palmito
1 lata de atum conservado na água
4 colheres de sopa de azeitona verde picada
1 cebola média picada
2 dentes de alho picados
3 colheres de sopa de óleo
sal
Farinha de milho (foto abaixo) quanto baste
Rodelas de ovos cozidos para decorar

Refogue a cebola e o alho no óleo. Junte o atum, o milho, a ervilha, o palmito, a azeitona e deixe refogar uns 2 minutos. Junte o camarão e, quando ele estiver quase cozido, cubra o preparado com água fervente e vá adicionando a farinha de milho aos poucos sem parar de mexer. O ponto está bom quando a mistura estiver bem pesada para mexer, como um mingau muito, mas muito grosso. Depois de chegar ao ponto, continue mexendo (cuidado que a farinha pula) mais uns 5 minutos para que a farinha cozinhe. Se ficar duro demais vá adicionando água aos pouquinhos. Desligue o fogo.
Unte uma assadeira de buraco no meio com óleo sem sabor, arrume a decoração, eu utilizei rodelas de palmito, camarões passados no azeite, milho, ervilha e rodelas de ovos cozidos. Coloque a massa do cuscus ainda quente na forma e pressione com papel absorvente para eliminar as possíveis bolhas e evitar que o cuscus se quebre. Quando estiver morno vire num prato de servir. E tcharan, teremos um lindo cuscus paulista na mesa. Espero que gostem. Um beijo.

Agora eu gostaria de convidar para participar desta ciranda tão legal a Karen e a Juinha. Vamos ver o que elas têm para nos contar.

15 comentários:

Eliana Scaramal disse...

ARRASOU! Isso é maravilhoso! E o seu ficou lindo! Aí agora quero comer cuscus.

Natércia disse...

Cláudia me mande ai um bocadinho dessa sua tradição deve ser devinal.um beijinho...Natércia

Juinha disse...

Que prato mais bonito! Como sempre, de parabéns. Quanto ao convite... vou já começar a pensar no que vou escolher para dar a conhecer o que de bom se faz em Coimbra. Obrigada

bia disse...

Claudia, nunca comi cuscus paulista, eu vou fazer esta receita para finalmente provar, ficou tao bonito !a farinha de milho é a mesma que se faz polenta ? bjs

Cláudia A. disse...

Eliana, obrigada pelo carinho de sempre. Você é uma fofa.

Natércia, pena que a internet ainda não possibilita este tipo de envio. Quem sabe um dia...

Juinha, obrigada por aceitar o convite. Aguardo pela receita de Coimbra.

Bia, espero que você aprecie. A farinha de milho que utilizo é menos refinada do que a de fazer polenta. Ela tem flocos maiores. Nunca experimentei fazer com a de polenta mas acho que não estraga o prato nem muda tanto o sabor assim.

Karen disse...

Que receita deliciosa!

Obrigada pelo convite, preciso pensar um pouco no que preparar!

Márcia disse...

Cláudia, que prato mais bonito!!!
Sei que é super tradicional de SP, mas eu nunca comi cuscuz assim por essas bandas de cá... mas tenho muita vontade de provar, esse me deicou com água na boca...
Beijos!

julie sol disse...

Que belo pratinho.
Ficou uma delícia assim decorado.
Vou pegar esse desafio de mostrar uma receita da minha terra.
Beijo
Julie Sol

Agdah disse...

Menina, eu nunca comi, mas morro de vontade.

Cláudia A. disse...

Karen, pense quanto quiser. Tenho certeza que algo muito bom sairá da sua cozinha.

Márcia, com a receita em mãos é só fazer, é super simples. Os ingredientes estão disponíveis por aí.

Gostei da iniciativa Julie Sol. Estou curiosa para conhecer sua receita.

Agdá, mande bala e mate logo esta vontade. É facílimo de fazer.

Cláudia disse...

Cláudia, minha xará.Cuscus é uma das minhas receitas favoritas também, que relembram a minha infância, e minha tia sempre gosta de preparar quando tem alguma festinha familiar. Algumas pessoas acham "old-fashioned", mas eu não.
Temos que realmente preservar os Sabores de Nossa Terra. Parabéns.
Bjos
Cláudia B.
=^.^=

Akemi disse...

Cláudia, adoro cuscus e o seu está lindo, amiga! Também preciso pensar no que preparar para participar deste evento!

fezoca disse...

toda festa de aniversario na minha casa tinha cuzcuz, que era preparado numa panela especial que minha mae tinha e ficava cozinhando no vapor. tem sabor nostalgico pra mim! claro que nunca consegui fazer um igual, mas ja tentei muito. beijoo,

valentina disse...

claudia, gosto muito deste prato;minha mae as vezes o fazia .e quando estive no Brasil a Miki fez um para mim no dia em que almoçamos juntas. lindo o teu. otima escolha. também estou querendo fazer.

Pinkie disse...

Fica um prato muito bonito! =)