sexta-feira, 18 de maio de 2007

Frango assado e couve-flor


Ontem no jantar resolvi inovar o sabor da combinação frugal composta por coxas de frango assadas acompanhadas de couve-flor gratinada. Resolvi mudar a marinada do frango e o molho da couve-flor. Fiz assim:

Para marinar as coxas de frango utilizei 1 garrafa long neck de malzbier (aquela cerveja que tem caramelo em sua composição), 2 dentes de alho amassados, 2 colheres de sopa de vinagre de tomate, pimenta do reino moída na hora e sal. Deixei as coxas de molho nesta marinada cobertas por ramos de tomilho fresco (não misturei, deixei só por cima), coloquei, para acompanhar, cenouras baby. Depois de 2 horas marinando, levei ao forno e deixei lá até que as coxas estivessem bem douradas e o tomilho completamente seco.

A couve-flor foi cozida no vapor, tranferida para um refratário, polvilhada com sal e acompanhada de passas escuras sem sementes e tomate seco picadinho. O molho eu fiz misturando 1 copo de iogurte natural, 4 colheres de sopa de queijo ralado e 2 colheres de sopa de manjericão fresco picado. Coloquei este "mingauzinho" sobre a couve-flor e polvilhei com mais um pouquinho de queijo ralado. Levei ao forno e deixei dourar.



O que era para ser um jantar tão comum teve um gostinho de novidade. Espero que gostem. Um beijo.

19 comentários:

Juinha disse...

Como gosto muito de frango e de couve-flor vou seguir a sugestão um dia destes.

Lídia disse...

Gostei muito. Adoro o iogurte a acompanhar carne, tão frequente aqui na Turquia.
Beijos e bom fim-de-semana!

Eliana Scaramal disse...

Que jantar em?! Eu comeria tudo e pediria bis. hehehe Delícia!!!

Akemi disse...

Virou um banquete, amiga! Nunca tinha ouvido falar em vinagre de tomate, que bacana! E essa couve-flor deve ter ficado muito gostosa com esse molhinho de iogurte, adorei!

Natércia disse...

Esse franguinho com a couve-flor amei deve ser maravilhoso.um beijo...Natércia

Cris disse...

Ficou chique hein... legal usar a cerveja para marinar.

Verena disse...

Nossa que delícia!!! Essas invencionices é que dão o toque na correria do dia a dia e melhoram nosso humor! Adorei a receita! Também nunca vi vinagre de tomate, você faz ou já compra pronto?
Um abraço,

www.mangiachetefabene.wordpress.com

Verena disse...

Nossa que delícia!!! Essas invencionices é que dão o toque na correria do dia a dia e melhoram nosso humor! Adorei a receita! Também nunca vi vinagre de tomate, você faz ou já compra pronto?
Um abraço,

www.mangiachetefabene.wordpress.com

kingthere disse...

Cláudia de Deus!!! Que delícia!!! Eu faço às vezes coxas e sobrecoxas de frango com vinho na panela de pressão - a receita é da Katicilene, minha fiel escudeira - mas esse com cerveja... E já experimentou colocar damasco seco na couve flor no lugar das passas. Experimenta e me conta!

Silvia Arruda disse...

Nossa, Cláudia... esse jantarzinho deve ter ficado delicioso!! Franguinho na cerveja e couve-flor nesse molho de iogurte, não precisamos de mais nada!!! Uma ótima idéia!
:-**

Maria Helena disse...

Adorei, Claudia!!!!

(a marmita - lunch jar - foi comprada na loja MARUKAI no bairro da Liberdade)

rs

beijocas

Agdah disse...

Vinagre de tomate? Essa é nova pra mim.

Agdah disse...

Vinagre de tomate? Essa é nova pra mim.

Cláudia A. disse...

Juinha, quando fizer os pratos me conta se gostou, tá bom?

Lídia, acho que os turcos estão certos, parece que o iogurte suaviza a carne.

Eliana, foi o que aconteceu aqui em casa, pediram bis.

Akemi, a couve-flor com iogurte ficou muito suave. Combinou bem.

Natércia, obrigada. você é sempre tão gentil.

Cris, eu sempre uso cerveja comum. Nunca tinha feito com malzbier, gostei porque o frango e as cenouras ficaram caramelados.

Verena, também gosto de inventar combinações novas para oferecer para os rapazes aqui de casa.

Kingthere, já fiquei com vontade dos damascos. Vou experimentar em breve.

Sílvia, obrigada. Ficou uma combinação bem leve e saborosa.

Maria Helena, obrigada pelos elogios e pela indicação.

Agdá, Verena e Akemi, vi o vinagre de tomate nesta semana pela primeira vez num supermercado perto da minha casa. Achei que era novidade só para mim. Já que é para muita gente, amanhã vou postar sobre ele.

Amigas, obrigada pelas visitas e pelos comentários. Leio todos com atenção e carinho. Um beijo.

valentina disse...

claudia, que prato delicioso.Realmente gostei muito.

Zeca Paleca disse...

Ai tão bom!!! E eu que estou cheio de fome!!!!

Sai poema:

Eu sou terra, eu sou mar
Tu és ar
Sou teu pecado, és meu fado
És minha calma
Sem querer faço sofrer
A tua alma
Sinto os dias a passar
E tento sempre anuviar
Esta dor de não estar
Ao pé de ti
Diz-me então se vale a pena
Continuar
Lentamente a definhar

Quando rimo, aproximo
O coração da boca
Ás vezes quase que me sufoca
Porque todo o tempo do mundo
Não chega para ir até ao fim do mundo

Porque a razão do meu ser
É amar-te…
E saber que só a ti te posso ter

Depois da noite
Vem o dia
Depois do sol
A chuva fria depois de ti
Vem o vazio
Sentimento sombrio
Amargo fel
Á flor da pele
O que eu quero
Meu irmão
É sair da escuridão
E encontrar a solução
E não viver um drama
Quando é melhor
A calma
E assim quem diria
Se faz a poesia

Mas as palavras não conseguem dizer tudo
Ás vezes fico simplesmente mudo
Á espera da altura certa
Sempre de alerta

Porque a razão do meu ser
É amar-te…
E saber que só a ti te posso ter

Recém-perdido nascido
Sem placenta
Eu sou fogo
Tu a lenha que o alimenta
O teu fôlego sabor a menta
Que me enche e atormenta
Não te ver ou tocar
Embrutece os sentidos
Há quanto tempo fecho a
Alma e coração doridos
Tic-tac o tempo passa
Continua parado
Má sorte nascer para viver
Este fado.

Por vezes sinto que luto
Apenas contra moinhos de vento
Come se fosse D. Quixote
Iludido sem alento.

Porque a razão do meu ser
É amar-te…
E saber que só a ti te posso ter

S.O.S.

AJUDA O ZECA PALECA A ENCONTRAR A SUA NOIVA.

Vai ao

http://lusoprosecontras.blogspot.com

e deixa lá a tua contribuição.


BUÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁ!!!!

lunalestrie disse...

Nossa, Cláudia, arrasou mesmo. Adorei a idéia da malzbier, nunca usei esse tipo em receitas. :)

Cláudia A. disse...

Valentina, obrigada pela visita e pelos elogios. Você é sempre muito gentil.

Zeca Paleca, boa sorte para encontrar sua noiva, eu não vou me candidatar porque sou muito bem casada há 12 anos.

Luna, realmente o malzbier deixa o frango bem diferente, caramelado. Eu gostei.

Cláudia disse...

Cláudia, eu realmente fiquei entusiasmada com esta idéia de vinagre de tomate. Eu adoro inovar nas marinadas, mas eu confesso que não conhecia o vinagre de tomate. Vivendo e aprendendo!!!
Bjos
Cláudia B.